Categoria: Blog

pontejapa

Ponte no Japão parece montanha russa.

Essa é a ponte Eshima Ohashi que, com seus 44 metros de altura no ponto mais alto, fica no Japão. A forma inusitada é necessária para que a estrutura que liga as cidades de Matsue e Sakaiminato fosse adaptada às margens do lago Nakaumi.A Eshima Ohashi é a maior ponte rígida do Japão e a […]

Pontes Sobre as Rodovias Oferecem Travessia Segura aos Animais

Muitas vezes, a construção de estradas e rodovias interferem nos habitats dos animais. Cuidados devem ser tomados para não interferir nos processos de migrações e rotas dos animais. Claro, alguns obstáculos enfrentados pelos animais são naturais, mas quando o obstáculo é feito pelo homem, temos a necessidade e a responsabilidade de afetar a natureza da […]

Ponte – Newton Navarro localizada na cidade de Natal

A Ponte de Todos – Newton Navarro está localizada na cidade de Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Ela liga os bairros da Zona Norte de Natal e os municípios do litoral norte do estado aos bairros da Zona Leste de Natal e do litoral sul, além de outras regiões da […]

Ponte Bir Hakeim

Ponte Bir Hakeim

É uma ponte que cruza o Rio Sena em Paris, França. Foi registrada como monumento histórico em 10 de Julho 1986. A ponte é feita em aço em forma de arco, medindo 237 metros de comprimento e 24,7 metros de largura e é a segunda ponte a ser construída no local. Sua construção aconteceu entre 1903 e 1905, substituindo a ponte anterior de […]

Ponte akashi_kaikyo

Engenharia impressionante – Ponte Akashi-Kaikyo

A ponte Akashi-Kaikyo é considerada a maior ponte suspensa do mundo e é provável que seja a maior obra de engenharia japonesa. O vão central da Akashi-Kaikyo é 580 metros maior que o da Ponte Humber (Inglaterra – 1981); 692 metros maior que o da Ponte Verrazano-Narrows (EUA – 1964); e 710 metros maior que o da Ponte Golden Gate (EUA – 1937); todas estas pontes bateram […]

tunel

Interessante

A Suíça concluiu a obra de perfuração do túnel mais longo do mundo e os números não negam: 15 anos de obras, 57 km de extensão, 2 mil metros abaixo do solo…